Débora Magalhães Binatti

B de bola- quando o nome do diagnóstico não tem tradução


Cérebro meu

Que na imensidão de suas curvas

Gordas, rosas, neuroatípicas, frenesi divino, enfim

Esqueceu-se

  • Céus, pobre coitado

Não se ser

Pois é

Ser, afinal, é inevitável

Mas ser sem a doçura

Do prazer sem dor

Da dor sem prazer

É carrosel

Montanha russa

Parque de diversão inteiro

É bala, chiclete, algodão doce, açúcar

Amargo ser

Irreverentemente, sim

Continuamente, jamais

É inconstância

Limítrofe

Imenso

Intenso

Eu