Derek Parreira

O nosso tempo está acabando


Sinto que nosso tempo está acabando

Minha prostituta analista

Sinto que nosso tempo está acabando

Pai

Pois estou, finalmente,

me tornando um homem

Com todo o vazio de sua palavra, talvez

não preenchido com as características

que você almejava

E vai saber agora quais elas serão, seu

morto.

Pois quem o preenche sou eu mesmo com

minhas próprias ideações.

Contudo

Assim como você me ensinava

a andar de bicicleta

agarrando-se por traz para evitar-me de

futuras quedas

e ao seu soltar e a euforia que me invadia

Pela conquista!

Pela independência!

Pela liberdade!

No entanto

Ao olhar para trás

Me sentia cada vez mais triste

Pela distância que se criava

entre mim e você

Pois esta era na verdade

a euforia pela minha capacidade

de ser

feliz

sozinho

E assim

sinto que nosso tempo está acabando...